CINEMA

A PEQUENA MORTE

Débora Böttcher

Formada em Letras, com especialização em Literatura Infantil e Produção de Textos. Participou do livro de coletâneas "Acaba Não, Mundo", do site "Crônica do Dia", onde escreveu por 10 anos. Publicou artigos em vários jornais. Trabalha com arte visual/mídias. Também administra o Portal Feminino Estilo [Mulher] 40 [www.estilo40.com]
Débora Böttcher

Últimos posts por Débora Böttcher (exibir todos)

Pequena_Morte

“The Little Death” – traduzido ao pé da letra para “A Pequena Morte” – pode ser caracterizado como uma comédia pela forma como explora os relacionamentos e as vidas sexuais secretas de vários casais, mas são histórias levemente tristes quando olhadas em contextos mais amplos.

O filme (australiano) mostra as dificuldades de comunicação que as pessoas enfrentam em relação ao sexo, que pode levar muitos casais à distância emocional e física, causando a ruptura mesmo que os pares se amem.

 As fantasias passam desde a só conseguir ficar satisfeita quando o outro chora até as mais comuns – como ambos fingirem ser outras pessoas. Tais ‘brincadeiras’ e anseios irreais, podem ir tão longe que acabam não tendo nada a ver com sexo.

São histórias curtas que se passam numa vizinhança em Sidney (sem que os casais se conheçam propriamente), e se interligam em algum momento da trama.

Vale ver – e não pare após as primeiras cenas pensando ser um filme erótico ou pornográfico. Não é: é sobre as relações humanas e amorosas – e suas inúmeras vertentes…


Espalhe por aí...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Débora Böttcher

Débora Böttcher

Formada em Letras, com especialização em Literatura Infantil e Produção de Textos. Participou do livro de coletâneas "Acaba Não, Mundo", do site "Crônica do Dia", onde escreveu por 10 anos. Publicou artigos em vários jornais. Trabalha com arte visual/mídias. Também administra o Portal Feminino Estilo [Mulher] 40 [www.estilo40.com]

Deixe um recado

Veja os livros que amamos em BABEL SHOP