LITERATURA

CASA FERNANDO PESSOA, EM LISBOA

Babel Cultural

Portal colaborativo administrado por Débora Böttcher, onde muitas mãos escrevem e garimpam artigos e informações visando entreter com conteúdo que promova a reflexão e o conhecimento. Obrigada por nos ler: você é sempre bem-vindo!
Babel Cultural

Últimos posts por Babel Cultural (exibir todos)

FP_01

Foto de Silvia Oliveira, Matraqueando

Texto e fotos de Sílvia Oliveira, do Blog Matraqueando

O lugar onde Fernando Pessoa viveu os últimos 15 anos de vida se transformou num emocionante centro cultural em Lisboa.  A casa, porém, está fora do circuito turístico – fica no bairro Campo de Ourique -, de modo que até os habitantes locais tem dificuldade em informar como chegar.

A visita é fundamental para quem adora literatura e quer saber um pouco mais do universo intrigante do escritor da frase “Para viajar basta existir”.

O prédio foi aberto à visitação em 1993 depois de um longo restauro conduzido pela arquiteta italiana Daniela Ermono, e antes mesmo de entrar você já tem uma pequena introdução do mundo genial de Fernando Pessoa.

Frases famosas e trechos de livros do poeta estampam a fachada da construção. Lá dentro, são três pisos dedicados à história do escritor — considerado o mais importante poeta português do século 20.

A casa-museu abriga parte dos objetos — os célebres óculos estão expostos aqui — e móveis que pertenceram ao autor de “Tudo vale a pena se a alma não é pequena”.

O branco predomina nas paredes, o que seria uma referência à visão melancólica da vida sentimental do autor.  Um piso inteiro está dedicado à astrologia, ciência/crença que Fernando Pessoa, um místico assumido, dominava muito bem.

A máquina onde escreveu alguns dos seus grandes poemas sob o heterônimo Álvaro de Campos está em frente ao quarto do poeta, totalmente reconstituído tal qual ele deixou.

O quarto é escuríssimo, impossível de tirar fotos. Mas retrata perfeitamente o holístico Fernando Pessoa, com frases e mapas astrológicos projetados nas paredes e tetos com tinta fluorescente (aquela que brilha no escuro).

Uma biblioteca com as obras do poeta e os livros lidos por ele são o destaque do lugar. A visita à casa é relativamente rápida, mas é neste cantinho que você, se gostar do tema, vai ficar mais tempo. Inclusive as crianças são bem-vindas!.  (Ah, e tem wi-fi gratuito!).

O centro cultural tem um andar multimídia e recebe, ainda, espetáculos musicais, exposições de arte, workshops e promove sessões de leitura de poesia. A programação é bem ampla e você pode acompanhar as novidades aqui.

Dica Babel Cultural: Não deixe de comprar o “Livro do Desassossego” se algum dia visitar o local. Enquanto isso, você pode baixá-lo nesse link, pois já é de domínio público.



Casa Fernando Pessoa

Onde fica: Rua Coelho da Rocha, 16 – Campo de Ourique – Lisboa | Tel.: +351 213 913 270

Horário: de segunda a sábado, das 10h às 18h. (A biblioteca só funciona até sexta). Não abre domingos e feriados.

Entrada: € 3. Estudantes menores de 25 anos e aposentados maiores de 65 pagam € 2. Grátias para crianças até 6 anos.

Como chegar: Pegue o Eléctrico 28 (bondinho) na Praça Martim Moniz (que fica no centro, atrás da Praça da Filgueira) em direção ao Campo de Ourique  e desça na parada Saraiva Carvalho, em frente ao Café Canas.

 

 


Espalhe por aí...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Babel Cultural

Babel Cultural

Portal colaborativo administrado por Débora Böttcher, onde muitas mãos escrevem e garimpam artigos e informações visando entreter com conteúdo que promova a reflexão e o conhecimento. Obrigada por nos ler: você é sempre bem-vindo!

Deixe um recado

Veja os livros que amamos em BABEL SHOP