PAPO DE LETRAS

LISTAS

Babel Cultural

Babel Cultural

Portal colaborativo administrado por Débora Böttcher, onde muitas mãos escrevem e garimpam artigos e informações visando entreter com conteúdo que promova a reflexão e o conhecimento. Obrigada por nos ler: você é sempre bem-vindo!
Babel Cultural

Últimos posts por Babel Cultural (exibir todos)

Já deve ter acontecido com você: surge uma boa idéia para uma história, você se acomoda com a tela à frente e começa a escrever. A certa altura surge uma frase como: “Depois de longa caminhada, chegaram ao Castelo de…” Pausa: como vai ser o nome do Castelo? Tem que ser um nome intrigante, imponente, significativo… Você começa a pensar, levanta-se, caminha pela sala, olha pela janela, prepara um café, folheia livros de História Antiga… e o conto vai pro espaço, porque encalhou naquele ponto e você perdeu o fio da meada.

Uma solução é seguir em frente com o texto, deixando para pensar no nome depois, quando for ajustá-lo. Mas muitos escritores, para evitar contratempos assim, fazem listas – de nomes de personagens, divididos por idade, classe social, país, época; de nomes de lugares – cidades, castelos, praias, rios, estradas, desertos. Nomes que podem ter relevância numa história e serão mencionados em algum momento da narrativa. Nomes que você goste ou invente.

Fazer essas listas ajuda o autor a não perder o pique quando precisar citar um grupo de pessoas – e mesmo que depois decida que o personagem “Anna” tem mais cara de “Pietra”, o importante é não quebrar o embalo narrativo por causa de um detalhe.

Fonte: Mundo Fantasma

Babel Cultural

Babel Cultural

Portal colaborativo administrado por Débora Böttcher, onde muitas mãos escrevem e garimpam artigos e informações visando entreter com conteúdo que promova a reflexão e o conhecimento. Obrigada por nos ler: você é sempre bem-vindo!

Deixe um recado

Veja os livros que amamos em BABEL SHOP