LITERATURA RESENHAS

JARDIM DE AGNES, Carla Dias

Babel Cultural

Portal colaborativo administrado por Débora Böttcher, onde muitas mãos escrevem e garimpam artigos e informações visando entreter com conteúdo que promova a reflexão e o conhecimento. Obrigada por nos ler: você é sempre bem-vindo!
Babel Cultural

Últimos posts por Babel Cultural (exibir todos)

Jardim de Agnes Carla Dias

Jardim de Agnes
Carla Dias

“Jardim de Agnes” – Carla Dias
(Sic Artes Gráficas)

Ibidem é a cidade na qual se transformou o jardim da casa do avô de Agnes que, numa batalha contra o pai, tenta salvar o povoado da manipulação e ganância: pretendendo tomar posse da fortuna da família, ele não mede esforços para desacreditar a filha.

Essa guerra transforma a paz do lugar – onde também Hugo, Beto e Junior vão viver para tentar esconder-se da sociedade após serem julgados e inocentados por um crime que não cometeram – num campo minado de leis controladoras pela ânsia do poder.
Esquecida no meio do deserto, a atmosfera incita a rever valores, mas é quando esses quatro personagens se encontram, que a inquietude ganha força. O encantamento de Hugo – o narrador –  por Agnes é que vai desfiando a meada de conceitos arraigados, nos fazendo refletir sobre a vida sob o olhar reacionário da moça, que consegue ser delicada e voraz na mesma medida. E é ela, com sua irreverência doce, que dará rumo às vidas que habitam Ibidem: um lugar que parece viver dentro de nós.

A sonoridade das palavras tem tanto valor quanto o significado delas para Carla Dias. Na poesia, a autora recorre sempre à cadência das palavras ditas, combinada ao tema do poema. E foi mais ou menos isso o que aconteceu quando a autora escolheu o nome da cidade na qual Agnes viveria a sua história.

Carla Dias

Carla Dias

Certa vez, Carla saiu de um ensaio, e como era de costume, foi a uma padaria tomar café com os amigos e companheiros de banda, Ionio e Patrícia. Em uma conversa, da qual a autora não se lembra o tema, ela disse à Patrícia “Idem”, ao que a amiga respondeu “Ibidem”. Foi a primeira vez que Carla ouviu alguém dizer a palavra que conhecia apenas na forma escrita, e gostou tanto da sonoridade, que passou anos com essa lembrança. Quando começou a escrever o Jardim de Agnes, e teve de dar um nome à tão peculiar cidade, a voz da amiga dizendo a palavra veio à lembrança, e Carla batizou o lar de Agnes de Ibidem.

Ibidem é um advérbio que significa “aí mesmo; no mesmo lugar”, assim como é empregado em citações, pois também significa “na mesma obra, capítulo ou página”.

Para saber mais acesse o site da autora – que já publicou mais três livros e participou de várias coletâneas -,  e leia trechos de Jardim de Agnes.  Em breve, lançamento de novo livro – dessa vez, de Contos.


Para adquirir o livro, CLIQUE AQUI e ao finalizar sua compra utilize o cupom agnes para frete grátis.

Espalhe por aí...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Babel Cultural

Babel Cultural

Portal colaborativo administrado por Débora Böttcher, onde muitas mãos escrevem e garimpam artigos e informações visando entreter com conteúdo que promova a reflexão e o conhecimento. Obrigada por nos ler: você é sempre bem-vindo!

Deixe um recado

Veja os livros que amamos em BABEL SHOP