HIPERBREVES

SIRENE

Andréa Bianchi

Não estou pronta ainda, todos os dias alguma coisa muda em mim... Vivo no Rio de Janeiro.
Andréa Bianchi

Últimos posts por Andréa Bianchi (exibir todos)

Não fosse pela sirene lá fora teria dormido ali naquele lugar sujo. Talvez o barulho a tenha despertado de vez. O que estava fazendo ali? Certamente aquele homem tinha uma vida a sua espera. Ela não tinha nada. Ganhou a rua muito jovem, nem se lembra quando, e nunca mais conseguiu mudar seu destino. Hoje seria o dia? Calçou as botas longas ridículas. Como era patética! Pensou que seria artista, cantaria e dançaria por aí como as estrelas do cinema. Não era um caminho fácil. Descobriu logo que, apesar das belas pernas e da voz, não era exatamente por estes dotes que seria um sucesso. O que era, afinal, uma vida de glamour? Estava sozinha como sempre. Era o momento de admitir sua estupidez e voltar – ainda que fosse longe e feio, o lugar de onde veio certamente é mais limpo e quente do que as ruas. Voltaria para sua terra para descobrir o caminho certo. Desta vez, sem fantasias, lavou o rosto com cuidado, escovou os cabelos e deixou tudo o que podia ali. Saiu leve.

| Andrea Bianchi |

Espalhe por aí...
Share on Facebook
Facebook
Tweet about this on Twitter
Twitter
Email this to someone
email

Andréa Bianchi

Andréa Bianchi

Não estou pronta ainda, todos os dias alguma coisa muda em mim... Vivo no Rio de Janeiro.

Deixe um recado

Veja os livros que amamos em BABEL SHOP